sábado, 27 de dezembro de 2008

Silêncios

Gosto de silêncios. Na promessa do que não se diz fica parte do presente. Retido com a intensidade do que não é fútil. Os momentos mais belos vêm embrulhados em silêncios. Das palavras. Do que é inteligível. Sentido. Pudera eu formular desejos e eles virão envoltos em momentos silenciosos, em intensidades cambiantes em que olhares se encontram e não se afastam. Em silêncios.

“A partida é a única promessa que o silêncio não consente. Silêncios? – Sim, esses vão de viagem, cada um à sua janela”

Lidia Jorge In “Silêncios” de Eduardo Gageiro

9 comentários:

Micas disse...

Muito Silêncio que anda para aqui...??
Mas espero que sejam silêncios "dos bons"...do tipo "no news, good news"!! :-)

Espero que tenhas tido um óptimo Natal e estejas bem!

Mtos beijinhos,
Inês

Mara disse...

És como eu.
Nada como um bom silêncio.
Tudo de bom para ti em 2009 são os nossos votos.

Cláudia, Pimpo e Pimpa disse...

Passei para desejar um Bom Ano 2009.

Bjs Cláudia

Anna72 disse...

Os momentos da vida que recordamos com mais afectividade são, normalmente, aqueles em que os silêncios valeram mais do que mil palavras ;)

Neste canto redondo, ainda assim, prefiro as palavras :)

Beijinhos e um excelente 2009!

Babisonho disse...

Feliz 2009!

Maria Pereira disse...

Bem amiga, desejo que tenhas um optimo ano de 2009 e que todos os teus sonhos se tornem realidade

Beijocas

Kitty disse...

Feliz Ano Novo!
Que em 2009 realizes todos os teus desejos!

Beijinho

stardust disse...

Bom Ano 2009! E sem muito silêncio!

Beijocas nossas

Mary disse...

Eu gosto do silêncio... faz-me falta.
BJs